Hello Research | BRASIL EM CRISE
17135
single,single-post,postid-17135,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-7.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.5.1,vc_responsive
 

BRASIL EM CRISE

imagem_crises

13 abr BRASIL EM CRISE

Para metade da população Dilma sofrerá impeachment. Mas, grande maioria não confia em Temer.

Na última quinzena de março e na primeira quinzena de abril a Hello Research foi às ruas entender como o brasileiro está encarando o período de crise que vem abalando a sociedade, a política e a economia nacional.

As duas tomadas do estudo Brasil em Crise ouviram, cada uma, 1280 pessoas de capitais, cidades médias e pequenas de todas as regiões do país.

A primeira parte do estudo Política e Economia em Debate mediu a opinião da população sobre o futuro do governo Dilma, a percepção sobre a corrupção no PT e também os reflexos da crise na segurança financeira do brasileiro.

Já a segunda parte PMDB: A Porta de Saída? conferiu se a população acha que o processo do impeachment é legítimo ou golpe, qual a opinião geral sobre o PMDB e a confiança em seus principais líderes.

Você pode clicar aqui e aqui para acessar os resultados completos.

Alguns destaques:

– 49% acreditam que a presidente Dilma Rousseff vai sofrer impeachment, 27% que ela irá terminar o mandato normalmente e 19% que ela irá renunciar (5% não souberam responder).

– 55% acreditam que o processo de impeachment é legítimo, 30% que se trata de um golpe e 15% não souberam responder.

– A cada dez brasileiros, quatro acreditam que nada muda no Brasil com o PMDB na Presidência da República, três acreditam que o país piora, dois que ele melhorar e um não sabe responder.

– Mais de 80% da população não confia em Michel Temer, Eduardo Cunha e Renan Calheiros. Nem Temer, nem Cunha nem Renan chegaram a registrar sequer 1% de “total confiança” entre os respondentes.

– Sete em cada dez concordam que “o ex-presidente Lula é culpado pela corrupção na Petrobrás” e também que “a presidente Dilma é culpada pela corrupção na Petrobrás”.

– Oito em cada dez concordam que “os políticos da oposição são tão corruptos quanto os do governo”.

– 50% da população tem medo de perder o emprego ainda em 2016, sendo que 35% não teme e 15% não sabem dizer. Em dezembro de 2015, 36% temiam o desemprego.